IAO participa na Consulta nacional dos intervenientes do projecto do WASCAL em Cabo Verde

WASCAL OpeningA convite do Ministro do Ensino Superior, Ciência e Inovação de Cabo Verde (MESCI), Dr. António Leão de Aguiar Correia e Silva, o Instituto de África Ocidental (IAO) participou na Consulta dos intervenientes do Centro de Serviço da ciência do Oeste Africano sobre Mudanças Climáticas e Uso do Solo (WASCAL), organizado no edifício do Instituto Nacional de Pesquisa e desenvolvimento Agrícola (Instituto Nacional de Investigação e Desenvolvimento Agrário, INIDA). Estas consultas nacionais constituem numa sessão de reflexão para a definição de um programa de investigação sobre as estratégias e necessidades da República de Cabo Verde em termos de mudanças climáticas e adaptação de Uso da Terra no âmbito do projecto WASCAL 2017-2020. 

O evento começou com o discurso de abertura do ministro do Ensino Superior, Ciência e Inovação, Dr. António Leão de Aguiar Correia e Silva, que fez um apelo para a aceleração da formação com o objectivo de fazer da investigação um sector importante para o desenvolvimento. Correia e Silva agradeceu ao Dr. Oble Neya, o Representante do WASCAL e expressou a  sua confiança no WASCAL.

WASCAL GroupApós agradecer o Ministro, a equipa da organização do Evento e INIDA, Dr. Oble Neya, cientista sénior na área da Biodiversidade e Mudanças Climáticas no WASCAL, levou o WASCAL mais perto do público. Criado em 2010 (constituição oficial 2012), WASCAL, está representada hoje em 10 países da África Ocidental (Senegal, Gâmbia, Mali, Burkina Faso, Costa do Marfim, Gana, Togo, Benin, Níger Nigéria), e deu início a uma série de desenvolvimentos e programas de política em estreita colaboração com estes parceiros-chave. É tudo uma questão de estabelecer um centro de serviço de clima funcional e politicamente reconhecido na África Ocidental. A fim de conseguir isso, as consultas nacionais servem para identificar cinco partes interessadas nacionais que irão representar o país nas reuniões sub-regionais do WASCAL. Nesse tipo de cooperação académica regional, WASCAL intervém nas suas três áreas de intervenção nomeadamente formação, investigação e serviços e é patrocinado pelo Ministério Federal Alemão de Educação e Pesquisa, BMBF. Na sequência do programa do dia, os participantes continuaram o seminário em grupos separados com as seguintes questões:

  • Identificar as questões prioritárias dos países relacionados com mudanças climáticas e o uso da terra adaptado às necessidades específicas de investigação do WASCAL. Que tipo de investigação o WASCAL deve ter em conta a curto, médio e longo prazo, considerando os diferentes factores de mudanças no uso da terra.
  •  Analisar a consideração das necessidades de pesquisa do país através do programa de pesquisa do WASCAL
  •  Analisar a capacidade do país de investigação em relação com a mudança climática em causa
  •  Medir a contribuição potencial do país na implementação de WASCAL

Entretanto, por unanimidade, os participantes decidiram realizar o brainstorm juntos, a fim de permitir que surgissem novas ideias. No final, os participantes ficaram satisfeitos com os resultados das trocas. Por favor encontre aqui os resultados destes contactos, para mais informações sobre WASCAL consulte:  http://www.wascal.org/ e sobre INIDA consulte: http://www.mdr.gov.cv/index.php/2012-03- 09-12-35-49 / INIDA / historial

Para mais informações:

Copyright © 2012 WAI - West Africa Institute. All Rights Reserved - Designed and developed by: NOSi.