IAO, O Desafio do Terreno

Prof. Djénéba Traoré

Diretora Geral do IAO

 

Prof D Traore NL DEc 16O Instituto de África Ocidental (IAO) é um “think tank” ao serviço de instituições de integração regional e continua profundamente comprometido com o princípio de que "a reflexão deve necessariamente preceder a decisões e ações".

Criado para dar ao conceito de "integração regional" uma dimensão científica e ligar a teoria à prática no processo em curso na África Ocidental, o IAO está agora numa encruzilhada.

A fase de conceituação e implementação dos órgãos de gestão do IAO foi seguida pela fase metodológica de capitalização e agrupamento de conhecimentos académicos sobre integração regional. Esta fase foi marcada por colaborações frutíferas com várias instituições que partilham objetivos semelhantes com o IAO. Isto inclui parcerias com o  Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (Portugal), o ZEI (Centro de Estudos de Integração Europeia) da Universidade de Bonn (Alemanha), UNI-CV (Cabo Verde) em colaboração com a UNU-CRIS Bélgica) sobre a criação de um Mestrado em Integração Regional Africana no âmbito do projeto IAO-ZEI sobre «Integração Sustentável na África Ocidental e na Europa», o Consórcio RISC (Universidade do Luxemburgo) e a REPAOC (Cabo Verde).

Após seis anos de existência, o Instituto decidiu fazer um balanço e avançar para uma nova etapa do seu desenvolvimento.

O IAO agora quer reforçar a sua experiência no terreno e ouvir as pessoas, propor soluções e agir para o desenvolvimento socioeconómico da região com uma visão pan-africana.

O desafio do terreno teve início com a realização do Diálogo Científico e Político em Abidjan (Costa do Marfim), de 29 e 30 de Março de 2012, sobre o tema: «Avaliação da investigação sobre a integração regional e a estratégia dos atores na África Ocidental». O objetivo desta reunião foi a apreciação da pesquisa produzida pelo IAO, e fazer alterações e recomendações para uma futura publicação e sua apropriação pelos atores da região. Participaram no workshop mais de 40 especialistas da CEDEAO, da UEMOA e da União do Rio Mano (MRU), centros de pesquisa, ministérios e Organizações da Sociedade Civil (OSC).

A grande atividade do terreno foi a organização do primeiro seminário de formação em Lomé (Togo) de 24 a 28 de Junho de 2013 sobre «Os Desafios da Integração Regional na África Ocidental e em Mundo» Com o apoio financeiro e técnico da OSIWA. A capacitação foi ministrada a 35 participantes (decisores, gestores, membros da OSC, atores responsáveis ​​pela integração regional, etc.) por oito formadores cujas competências asseguraram o sucesso da atividade.

 

Através de sua rede de pesquisadores e especialistas, o IAO é capaz de realizar estudos específicos encomendados pelas instituições de integração regional na África Ocidental e além. Por conseguinte, o IAO propôs-se dar um olhar crítico à eficácia das ações já realizadas e dar sugestões para uma melhor consolidação das conquistas de integração regional na África Ocidental. Em 2015, por exemplo, o IAO realizou com êxito, para o programa de Apoio à GIZ para a Comissão da CEDEAO, o estudo sobre a «Avaliação do Plano Estratégico Regional 2011-1015» cujos resultados foram utilizados para formular o Quadro Estratégico Comunitário 2016-2020.

O desafio do terreno será decisivo para marcar o ponto de viragem iniciado pelo IAO.

Os nossos sinceros agradecimentos ao Comité Executivo e parceiros estratégicos , ao Presidente e aos membros do Conselho de Administração, aos membros do Conselho Científico, aos parceiros técnicos e cíentificos, aos investigadores e peritos, aos especialistas e a todas as pessoas de boa vontade que contribuíram para a realização dos objetivos do IAO.

Feliz Natal e Feliz Ano Novo 2017!

 

Copyright © 2012 WAI - West Africa Institute. All Rights Reserved - Designed and developed by: NOSi.